Retrô15: 6 fatos que tornaram a EDM mais popular em 2015

Retrô15: 6 fatos que tornaram a EDM mais popular em 2015

É notável o crescimento da EDM – Electronic Dance Music – nos últimos tempos, que têm conquistado cada vez mais novos admiradores. E neste ano, o gênero conseguiu se superar com relação aos anteriores, com grandes surpresas e revelações, fazendo de 2015, um grande ano da música eletrônica, inclusive no Brasil. A expansão dos festivais, álbuns de estreias e surgimento de novos artistas, são fatores de grande importância que nos levam a esta conclusão. Está duvidando? Abaixo, veja lista com 6 fatos que comprovam o nosso argumento:

01. A chegada do Tomorrowland ao Brasil

tomorrowland

Desde que foi anunciado em 2014, o Tomorrowland Brasil se tornou um dos festivais mais aguardados pelo público. E durante os dias 1, 2 e 3 de maio, a cidade Itu (São Paulo) recebeu gente de todo o canto, para apresentações de grandes nomes da cena, como: Steve Angello, David Guetta, NERVO, Steve Aoki, Hardwell, Dimitri Vegas & Like Mike, entre outros.

A organização já até confirmou mais 5 edições no país. A próxima será realizada no mesmo local, nos dias 21, 22 e 23 de abril de 2016, com pacotes de ingressos já disponíveis para compra.


02. Os aguardados álbuns de estreia

estreias

Um ano maravilhoso para os fãs do Alesso, Hardwell, Galantis, Jack Ü, Madeon, NERVO, e Years & Years, que finalmente lançaram seus álbuns de estreia. Dentre os citados, podemos destacar o “Forever” do Alesso, lançado em 22 de maio, tem incluso os hits “Heroes (we cloud be)”, com colaboração da cantora Tove Lo, e “Under Control”, feita em parceria do Calvin Harris e Hurts; “Skrillex and Diplo Present Jack Ü”, lançado em 24 de fevereiro, é outro álbum que ficou em evidência durante o ano, devido às suas colaborações com Justin Bieber em “Where Are Ü Now” e “Take Ü There” com Kiesza.


03. Músicas que tomaram conta do mundo

Para nós, adoradores da EDM, algo que nos enche de orgulho é poder ver músicas do gênero entre as mais famosas do ano, disputando com outros estilos mais populares, como o pop, country (nos EUA), sertanejo (no Brasil), rock, entre outros. Desses sucessos, podemos dar um destaque maior para “Lean On”, do Major Lazer com DJ Snake e , além de ser a canção mais executada de todos os tempos no Spotify, é considerada por muitos como a melhor de 2015. Sem se esquecer do remix feito por Felix Jaehn para “Cheerleader”, do OMI, que tomou conta das paradas em todo o mundo.

“How Deep Is Your Love” do Calvin Harris com Disciples, “Firestone” e “Stole the Show” do Kygo, e “Hey Mama” do David Guetta, também fizeram um tremendo sucesso durante o ano. Para uma lista mais completa, confira nossa playlist com as melhores 50 músicas da EDM de 2015 (clique aqui).


04. Os comebacks mais esperados

Após um bom tempo sem lançar nenhum material inédito, em 2015 tivemos a volta de grandes artistas. Dentre os mais destacados, temos o Zedd lançando em 15 de maio o álbum “True Colors”, onde teve “I Want You To Know” – faixa com colaboração da Selena Gomez – como carro chefe na divulgação do material. Avicii em 2 de outubro lançou o seu segundo álbum de estúdio, Stories, contando com alguns singles de sucesso já extraídos, como: “Waiting For Love”, “For A Better Day” e “Broken Arrows”. Um pouco antes, em 25 de setembro, aconteceu um outro comeback bastante aguardado pelo público, o Disclosure com o maravilhoso álbum “Caracal”, e uma lista de colaboradores dos sonhos, que qualquer produtor gostaria de trabalhar, como: Lorde, The Weeknd, Sam Smith, Miguel, Gregory Porter, entre outros.

Ainda tivemos álbuns do Steve Aoki, Armin van Buuren, Major Lazer e Kaskade.


05. Produtores barraqueiros

joel-deadmau5

Nem só de amor e sucesso viveu a EDM em 2015. Algumas discussões entre DJs ou até mesmo com outros artistas se destacaram esse ano. Publicamente em seu twitter, Diplo falou que o álbum novo do Zedd era um “monte de bosta” e depois em uma entrevista disse que o namoro do produtor com Selena Gomez – que rendeu o single “I Want You To Know” – era pura fachada. Calvin Harris discutiu feio no twitter com o ex-One Direction, Zayn Malik, após ele soltar indiretas para a sua namorada, a cantora pop Taylor Swift. E claro, não podemos falar de treta sem citar o rei da confusão, deadmau5, que criticou tudo e todos este ano.

Agora uma confusão um tanto peculiar foi a de David Guetta com alguns fãs. Eles criaram uma petição online para que o produtor francês fosse proibido de continuar a usar cavalos como parte das atrações em seus shows na boate Pacha Ibiza. Após muita discussão online, Guetta acatou aos pedidos dos fãs e removeu o uso de animais em suas apresentações.


06. EDC – Electric Daisy Carnival estreia no Brasil

Assim como o Tomorrowland, o Electric Daisy Carnival viu no Brasil um local ideal para se expandir. E, durante os dias 4 e 5 de dezembro, no Autódromo de Interlagos em São Paulo, aconteceu a primeira edição do festival, com apresentações de grandes artistas, como: Vintage Culture, Krewella, Tiësto, Skrillex, entre outros.